Haddad afirma que problema de autenticação de acesso causou ação contra Siafi

Por Redação
2 Min

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou nesta segunda-feira que a invasão identificada ao Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi) foi causada por problemas na autenticação do acesso de usuários, e não por hackers.

Em uma entrevista na sede da pasta, Haddad explicou que o incidente estaria relacionado a um usuário com acesso ao sistema, que é gerenciado pelo Tesouro Nacional e centraliza os pagamentos do governo federal.

O ministro destacou que não houve uma violação na segurança do sistema em si e que não possui informações sobre valores que possam ter sido desviados.

“Não foi uma ação de um hacker que quebrou a segurança, não foi isso, foi um problema de autenticação. É isso que a Polícia Federal está investigando e, obviamente, está rastreando para chegar aos responsáveis”, afirmou Haddad.

O jornal Folha de S.Paulo divulgou nesta segunda-feira que o sistema utilizado para os pagamentos do governo foi invadido e há suspeitas de desvio de recursos.

Uma fonte do governo informou à Reuters que um grupo teria fraudado certificados digitais que permitiam o acesso ao Siafi. Após a identificação do incidente, o sistema foi modificado para aceitar certificados gerados apenas por empresas públicas, bloqueando os de empresas privadas.

Segundo a fonte, a Polícia Federal e o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República estão investigando o esquema criminoso desde o início de abril, e a investigação sigilosa está em fase de ordem judicial para a prisão dos responsáveis.

Compartilhe Isso
- Advertisement -