Privatizada, refinaria de Mataripe vende combustível a preço superior à Petrobras

0
Foto: Divulgação

Privatizada desde dezembro de 2021, a refinaria de Mataripe, em São Francisco do Conde, na região metropolitana de Salvador, põe a Bahia no rol dos estados nos quais os preços do diesel e da gasolina superam aqueles estipulados pela Petrobras. Além do estado, quatro outros entram na lista: Acre, Goiás, Rio Grande do Norte e Rio de Janeiro.

A refinaria na Bahia está hoje sob domínio da Acelen, veículo do fundo árabe Mubadala. De acordo com reportagem publicada pela Folha de S. Paulo, o combustível mais caro é alvo de críticas de críticos das privatizações e tem reforçado a percepção de que a estatal vem segurando os repasses da alta no mercado internacional.

Dados do Observatório Social da Petrobras apontam que a gasolina de Mataripe custa hoje R$ 3,32 por litro, R$ 0,14 a mais do que a média cobrada pela estatal. O diesel-S10 vendido pela empresa, por sua vez, sai a R$ 3,676 por litro, R$ 0,06 acima do praticado pela estatal.

Segundo informações da Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) publicadas pela Folha, a gasolina na Bahia ficou 3% mais cara em janeiro, enquanto a média nacional do aumento foi de 0,9%.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.