R$ 4,40: Passagem de ônibus aumenta 20 centavos a partir de segunda-feira, em Salvador

0
Crédito da Foto: leitor Aratu Online

Quatro reais e 40 centavos. Este será o novo valor da passagem de ônibus na capital baiana, a partir de segunda-feira (26/4). O anúncio foi feito pela prefeitura de Salvador, por volta das 19h30 desta sexta-feira (23).

O aumento de 20 centavos representa um percentual de reajuste de 4,76%. O último reajuste aconteceu em março de 2020, quando a tarifa passou a custar os atuais R$ 4,20.

Segundo a prefeitura, o reajuste anual, que é previsto em contrato com as concessionárias que operam o transporte público em Salvador, deveria ter acontecido desde março deste ano. Porém, em razão do momento crítico da pandemia, aliado ao processo de intervenção em uma das bacias, o prefeito Bruno Reis optou por adiar o reajuste tarifário. Passada esta fase, o aumento foi autorizado principalmente em função do aumento de insumos básicos para a operacionalização do serviço, em especial o preço do óleo diesel, que teve aumento acima dos 20% nos últimos meses.

A análise para definição do valor da tarifa foi realizada pela Agência Reguladora e Fiscalizadora dos Serviços Públicos de Salvador (Arsal). O cálculo é feito de acordo com as variações do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), do preço do diesel e do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) no período de 12 meses entre o último reajuste e o mês anterior ao da revisão tarifária.

“A Prefeitura buscou adiar este reajuste o máximo possível por entender se tratar de um momento delicado para toda a população. Porém esse déficit poderia agravar ainda mais a crise vivida no transporte público, levando inclusive a um colapso do sistema, o que não podemos permitir que aconteça”, explica o secretário de mobilidade, Fabrizzio Müller.

EM TEMPO

Na última terça-feira (20), a vice-prefeita de Salvador, Ana Paula Matos, disse que não poderia garantir o não aumento da tarifa, mas que a Prefeitura faria “todos os esforços” para que isso não acontecesse por agora, ou que, se ocorresse, fosse o mínimo possível.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange