Donos de veículos não vão pagar Seguro DPVAT em 2021

0
Foto: Reprodução

Os proprietários de veículos não terão que pagar o Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores (Seguro DPVAT) em 2021. A decisão é do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) que decidiu dar prêmio zero para o DPVAT em 2021 em reunião extraordinária. As resoluções foram publicadas na quarta-feira (30/12) no Diário Oficial da União.

O conselhou autorizou ainda a contratação de novo operador pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), em caráter emergencial e temporário. Segundo a Susep, há dinheiro excedentes dos anos anteriores que são suficientes para pagar indenizações em 2021. O Seguro DPVAT tem como finalidade o amparo às vítimas de acidentes de trânsito em todo o país, não importando de quem seja a culpa dos acidentes.

MUDANÇAS

No final de novembro, foi anunciada a dissolução da Consórcio do Seguro DPVAT a partir de 1° de janeiro de 2021, após decisão de assembleia de seguradoras consorciadas. A partir desta data, a Seguradora Líder não poderá operar o Seguro DPVAT em nome das consorciadas, apenas administrar os ativos, passivos e negócios do Consórcio realizados até 31 de dezembro de 2020.

No mês passado, a Susep notificou a Seguradora Líder a recolher ao caixa dos recursos do Seguro DPVAT a quantia de R$ 2,257 bilhões, referente a 2.119 despesas consideradas irregulares pela fiscalização da superintendência, que foram executadas com recursos públicos do seguro DPVAT entre os anos de 2008 e 2020.

Na última terça-feira (29/12), o Tribunal de Contas da União (TCU) emitiu decisão cautelar determinando que CNSP e Susep adotem as providências necessárias para assegurar a continuidade da operacionalização do seguro DPVAT.

“A Susep está envidando os melhores esforços para viabilizar a contratação de pessoa jurídica, já na primeira semana de janeiro de 2021, com capacidade técnica e operacional para assumir o DPVAT, garantindo as indenizações previstas em lei para a população brasileira”, diz a superintendência em nota.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.