PIX começará a funcionar apenas para clientes selecionados a partir da próxima semana; conheça apliações do serviço

0
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

As primeiras operações do sistema instantâneo de pagamento Pix serão realizadas a partir da terça-feira (3/11) de forma restrita aos clientes selecionados pelas instituições financeiras. A informação foi divulgada pelo Banco Central (BC) na quinta (29/10).

A medida faz parte de uma fase de testes que vai até 15 de novembro. Neste período inicial, o horário de operações também será restrito. Por conta disso, pagamentos e recebimentos poderão ser feitos das 9h às 22h. Nos dias 5 e 12 de novembro, porém, o horário para realização das transferências será ampliado e ocorrerá de 9h às 24h. Nos dias 6 e 13, o sistema vai funcionar de meia-noite às 22h.

A partir da segunda-feira (16/11), o sistema entrará em operação para todos os usuários.  A ferramenta permitirá que comerciantes possam emitir um QR Code para que o consumidor faça o pagamento imediato por um produto ou serviço. Além disso, será permitido fazer cobranças em datas futuras, com atualizações de juros, multas ou descontos, como ocorre com os boletos.

O Banco Central informou também que ampliou algumas funcionalidades do sistema e por conta disso as instituições financeiras que oferecem o serviço de integração com os usuários recebedores deverão usar a interface de programação padronizada pelo órgão. A medida foi adotada para evitar que um empresário não consiga mudar sua conta para outra instituição em razão dos custos da alteração.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.