Universidade de Illinois propõe inovador modelo de parceria em pesquisa com o Brasil

Por Redação
6 Min

Será lançado oficialmente durante a FAPESP Week Illinois, que ocorrerá entre os dias 9 e 10 de abril em Chicago, nos Estados Unidos, o programa Brasillinois.

Continua depois da Promoção

A iniciativa busca criar um novo modelo de colaboração em pesquisa entre o Brasil e o Sistema de Universidades de Illinois (UIS, na sigla em inglês), nos Estados Unidos – formado pelas universidades de Illinois em Urbana-Champaign, em Chicago e em Springfield –, por meio da construção de conexões de pesquisa em áreas como clima e sustentabilidade, medicina e saúde pública e inclusão social.

Outro objetivo do Brasillinois é o de aumentar o intercâmbio entre estudantes de graduação e de doutorado brasileiros com os do UIS e do Consórcio de Educação Superior dos Grandes Lagos – que inclui outras universidades dos Estados Unidos e do Canadá –, além de parceiros institucionais na América do Norte.

De acordo com informações disponíveis no site da iniciativa, a meta do programa de mobilidade estudantil e docente é levar mais de cem estudantes brasileiros de graduação e doutorado às três universidades do UIS nos próximos anos.

Continua depois da Promoção

Os estudantes de graduação poderão passar um semestre em Illinois e os alunos de doutorado serão classificados como pesquisadores visitantes e poderão permanecer por um período de três a dez meses na instituição anfitriã.

O UIS também pretende apoiar visitas a universidades parceiras brasileiras para docentes que orientarem estudantes no programa de mobilidade para fortalecer a colaboração acadêmica.

“A pesquisa conduzida pelo corpo docente do Sistema de Universidades de Illinois e nossos parceiros no Brasil tem um potencial incrível em áreas como clima, agricultura, medicina, saúde pública e democracia – todas questões críticas para a vida no século 21. Quando docentes de diferentes origens e culturas colaboram, cada um traz os seus próprios pontos fortes e perspectivas, que servem para alimentar inovações e fortalecer soluções. O Brasillinois terá como objetivo capitalizar esse tipo de conexão para produzir resultados potencialmente transformadores”, disse em nota à Agência FAPESP Tim Killeen, reitor do UIS.

Na área de medicina e saúde pública, um dos objetivos do Brasillinois será usar dados e iniciativas comunitárias de Illinois e do Brasil para desenvolver e lançar programas-piloto destinados a aumentar a expectativa de vida em ambientes urbanos e rurais e estabelecer estudos de coorte nas duas regiões.

Já no tema clima, as colaborações entre pesquisadores do UIS também poderão ser feitas no âmbito da iniciativa Amazônia+10, que articula pesquisadores vinculados às Fundações de Amparo à Pesquisa (FAPs) de 25 Estados brasileiros em projetos de pesquisa na região da Amazônia Legal.

Liderado pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap) e pelo Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de Ciência, Tecnologia e Inovação (Consecti), com a parceria do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o programa já destinou quase R$ 100 milhões em recursos para projetos científicos.

“Com o amplo alcance da FAPESP em diferentes disciplinas e sua extensa rede de universidades e agências, estamos entusiasmados com a oportunidade de colaborar em interesses compartilhados que beneficiarão tanto o povo do Brasil quanto o de Illinois”, afirmou Killeen.

FAPESP Week Illinois

Durante dois dias, a FAPESP Week Illinois reunirá, na sede do Discovery Partners Institute, em Chicago, pesquisadores vinculados a universidades e instituições de pesquisa no Estado de São Paulo, do UIS, da região dos Grandes Lagos e de instituições parceiras do Canadá e do México.

O objetivo do encontro é estabelecer novas colaborações em pesquisa multidisciplinares para enfrentar os principais desafios em áreas como saúde, cidades sustentáveis, agricultura inteligente, clima, bioenergia e consolidação de instituições democráticas.

“Nossa parceria com o Sistema de Universidades de Illinois para a promoção da FAPESP Week é um importante avanço no nosso relacionamento com os estados centrais da América do Norte, do Canadá ao México”, avaliou Marco Antonio Zago, presidente da FAPESP. “Os temas que serão discutidos são relevantes para o futuro do nosso planeta – da água às instituições democráticas e da saúde única à agricultura inteligente. Este evento contribuirá para fortalecer os laços entre instituições de ambos os lados, bem como destacar a excelente investigação que será realizada em ambos os continentes”, estimou.

Realizada em parceria com universidades e instituições de pesquisa do exterior, a FAPESP Week visa promover a aproximação entre pesquisadores com produção destacada em suas áreas de atuação com o objetivo de discutir pesquisas em andamento e a elaboração de novos projetos cooperativos. A primeira edição do evento ocorreu em Washington, nos Estados Unidos, em outubro de 2011.

Já foram realizadas outras 19 edições da FAPESP Week. A última aconteceu em novembro de 2019, na França. A série de encontros internacionais foi interrompida em razão da pandemia de COVID-19 e será retomada este ano com a realização da FAPESP Week Illinois.

Mais informações sobre o programa Brasillinois estão disponíveis em: uillinois.edu/brasillinois.

E a programação da FAPESP Weel Illinois pode ser acessada em: fapesp.br/week/2024/illinois.

Compartilhe Isso
- Advertisement -