Acompanhe as últimas notícias da Cidade de Candeias na Bahia com credibilidade na informação sobre política, esportes e ações policias da região.

Fenômeno astronômico marcará a noite desta quinta-feira

Foto: Divulgação

Os planetas do sistema solar estão separados por alguns milhões ou bilhões de quilômetros de distância. Apesar destas distâncias incríveis, alguns planetas podem ser observados facilmente no céu terrestre devido a reflexão da luz solar em suas respectivas atmosfera.

Júpiter, por exemplo, se encontrar atualmente a 830 milhões de quilômetros da Terra e está brilhando todas as noites próximo a Constelação de Escorpião. A nossa Lua, por outro lado, está localizada a 377 mil quilômetros de distância e orbita nosso planeta em aproximadamente 27 dias. Durante sua jornada ao redor da Terra, o satélite natural pode aparecer em uma posição que favorece a visualização próxima a algum planeta do sistema solar no céu terrestre. Quando isto acontece, chamamos o fenômeno de Conjunção Planetária e hoje, 03/10, acontecerá exatamente isso com o maior planeta do sistema solar.

A Lua se encontrará com 31% do seu disco virado para Terra iluminado pelo Sol e Júpiter logo ao lado brilhando com uma magnitude de -2,2. Por um lado, o nosso satélite natural, tão importante para vida na Terra regulando nosso clima, órbita e tudo mais. Por outro, Júpiter, o maior planeta do sistema solar, que protege a Terra de corpos como asteroides e cometas, atraindo-os com seu campo gravitacional para dentro de si.

O fenômeno da conjunção será visível logo após o pôr do sol e seguirá com boa visualização até às 22h, quando os dois astros desaparecerão no horizonte. Não é necessário nenhum equipamento para observar, mas com a ajuda de um telescópio ou binóculos você poderá ver as crateras de Lua e alguns satélites naturais de Júpiter.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.