São Francisco do Conde e Madre de Deus recebem investimentos em esgotamento sanitário pela Embasa

0

Os moradores dos municípios de São Francisco do Conde e Madre de Deus, municípios da região metropolitana de Salvador banhados pela Baía de Todos os Santos, vem sendo beneficiados por obras de ampliação do acesso a coleta e tratamento de esgoto. Em São Francisco do Conde, a Embasa está implantando novos pontos de ligação à rede coletora e ligando mais 410 imóveis ao sistema de esgotamento. Já em Madre de Deus, o serviço está chegado para os moradores do bairro Quitéria Velha.

Em São Francisco do Conde, o investimento é da ordem de R$ 650 mil com recursos da Embasa e da Sudene e tem previsão de conclusão no segundo semestre deste ano. Essa é mais uma ação para ampliar o acesso ao sistema de esgotamento sanitário do município, que atualmente consegue atender 45% da sede municipal devido à obra de ampliação de sua infraestrutura, com a construção de novas bacias de esgotamento, entregue em 2014. O investimento na época foi de R$ 8 milhões e beneficiou cerca de 15 mil pessoas.

Em Madre de Deus, estão sendo investidos cerca de R$ 2 milhões (recursos próprios) para implantar rede coletora de esgoto em Quitéria Velha. A obra da Embasa em andamento conta com a parceria da prefeitura municipal que está realizando obras de requalificação urbana no bairro.

“Quitéria Velha está em uma área ambiental sensível e a implantação de uma bacia de esgotamento sanitário para atender o bairro contribuirá positivamente para preservação ambiental desta área, uma vez que os esgotos domésticos serão coletados e encaminhados para a estação de tratamento de Madre de Deus, deixando de ser lançados diretamente no meio ambiente”, explica Oscar Harth, gerente da divisão de esgotamento sanitário da unidade.

De acordo com o gerente, a infraestrutura de rede coletora conta com aproximadamente três quilômetros de extensão e já se encontra totalmente implantada, assim como os 290 ramais coletores. No entanto, para a rede entrar em operação será preciso implantar uma estação elevatória de esgotos (EEE), que vai bombear o esgoto coletado no bairro para a estação de tratamento de Madre de Deus. O projeto executivo dessa estação foi elaborado pela equipe técnica da Embasa e a obra de implantação será contratada no segundo semestre deste ano. O SES de Madre de Deus garante uma cobertura na zona urbana do município de 78%.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange