Acompanhe as últimas notícias da Cidade de Candeias na Bahia com credibilidade na informação sobre política, esportes e ações policias da região.

Festival da Terra 2019 será realizado nos dias 07 e 08 de dezembro em São Francisco do Conde

Foto: Gabriela Simões

A União das Federações de Esporte Amador da Bahia (Unisport) em parceria com a Federação de Automobilismo da Bahia (FAB) e o Clube de Automobilismo da Bahia (CAB), com o apoio do Governo do Estado, através da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (SUDESB), e da Prefeitura de São Francisco do Conde, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico (SEDEC), estará realizando nos próximos dias 07 e 08 de dezembro, o “Festival da Terra Automobilismo e Motociclismo 2019”, no Circuito Lelo Bala, localizado no município de São Francisco do Conde.

O festival irá reunir cerca de 200 pilotos de carros e motos e estima-se que haja a presença de mais de três mil pessoas nos dois dias do evento. A realização do festival será importante para motivar a classe esportiva do estado da Bahia, além de movimentar o comércio local. O acontecimento também servirá para reativar as ações no Complexo Esportivo do Autódromo da Bahia, que há certo tempo está sem a presença de atividades esportivas.

Depois de 17 anos ininterruptos de disputa, o Campeonato Baiano de Velocidade na Terra parou em 2017 e o Festival da Terra, que marca o retorno da modalidade, terá a fiscalização da Federação de Automobilismo da Bahia com supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo. A intenção do Clube de Automobilismo da Bahia é se reorganizar, a partir desta competição, e retornar com o Campeonato Baiano a partir do ano que vem.

De acordo com a Federação de Automobilismo da Bahia, a Velocidade na Terra teve seus anos de glória no final dos anos 90, começou a ser disputada e reunia grande público, quando começou a disputa oficial do Campeonato Baiano em 2000, chegando a rivalizar com os “BaVis” da época. Os mais apaixonados, faziam um esforço a mais para curtir os dois programas no mesmo dia.

As modalidades, também, vivem momentos distintos. Apesar de não ter mais disputas na capital, o Motocross cresceu e segue forte no interior do estado. A prova será a sexta da competição, que pode ter mais uma etapa até o final do ano, totalizando sete, para serem definidos os campeões. Grande destaque da prova é a renovação, tendo categorias de crianças e, também, acima de 50 anos, que serve como guia de limite técnico e conduta para todos os pilotos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.