Rodoviários de Salvador definem data e irão ‘cruzar os braços’ neste domingo

0
Foto: Ilustração

Os trabalhadores do sistema de transporte coletivo de Salvador definiram que vão paralisar as atividades neste domingo (22). Segundo a categoria, a decisão foi tomada após 50 dias de negociação entre o sindicato e os empresários do setor. Os profissionais alegam que não houve nenhum avanço nas tratativas.

“No final de março o sindicato apresentou uma pauta de reivindicações com 17 itens elaborados pelos trabalhadores, mas os patrões, de forma desrespeitosa, não fizeram sequer uma contraproposta para que a diretoria apresentasse para os trabalhadores”, disse a entidade que representa os rodoviários através de nota.

A interrupção do serviço irá acontecer por 24 horas. Dentre os pontos da mobilização estão a venda dos terrenos da extinta Concessionária Salvador Norte (CSN) para o pagamento de verbas idenizatórias de trabalhadores. Serão afetadas linhas do sistema urbano (Integra) e do sistema complementar (STEC).

Na quarta-feira (18), o presidente do sindicato, o vereador Hélio Ferreira (PCdoB), já havia falado sobre a paralisação. A data, no entanto, não tinha sido anunciada;

“O ato acontece por causa do impasse com a questão da CSN que ainda está sem solução e também pela campanha salarial. A gente está organizando um movimento durante 24 horas. Ainda não definimos o dia, mas talvez ainda nesta semana. Ainda não é uma greve geral, mas pode ser”, afirmou o sindicalista ao Bahia Notícias na oportunidade.

“Essa paralisação é justamente para tentar reabrir as negociações. Por enquanto não tem nenhuma reunião prevista com os empresários”, reforçou Hélio.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.