“É um reajuste que divide a categoria”, diz diretor da CUT ao criticar proposta do governo

0

O diretor da Central Única dos Trabalhadores (CUT), Valdemir Medeiros, criticou, durante uma manifestação, em frente a sede do Ministério da Economia, no bairro do Comércio, em Salvador, nesta segunda-feira (24), a proposta do governo federal de conceder reajuste apenas para os policiais federais.

Valdemir disse que não concorda com o reajuste, pois é uma medida que divide a categoria. “Nós não queremos que seja um reajuste dividido pela categoria, nós queremos discutir o reajuste linear. Como a gente enterrou a PEC 32, nós vamos enterrar também [o reajuste] para esse governo não dar”, destacou.

O diretor pontuou que a categoria merece a revisão salarial, mas que tem outras categorias importantes que querem receber também. “Portanto, hoje, aqui no Ministério da Economia, nós estamos fazendo essa manifestação com os servidores, com os aposentados, com a comunidade, para fazer eles entenderem que nós não queremos esse tipo de reajuste. Queremos os aposentados tenham reajuste. São doze anos sem, e esses 29% na perda de salário, só nesse último período, é grande para a população”, enfatizou.

De acordo com Valdemir, tem servidores passando fome e com dificuldades de mobilização. “Por isso que a nossa manifestação hoje é fortalecida para enterrar também, já que enterramos a PEC 32, esse reajuste, para que seja um reajuste linear”, completou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.