Decoração natalina especial e inclusiva é inaugurada no Campo Grande

0
Por: Betto Jr./Secom

A prefeitura de Salvador inaugurou a decoração de Natal na Praça do Campo Grande, na noite desta terça-feira (23). Cerca de 7 milhões de lâmpadas sustentáveis de LED já dão o brilho e a mistura de cores no local. Palco principal da iniciativa nos últimos anos, a praça contará com 45 dias de programação, reunindo opções de lazer para o público de todas as idades e uma ampla estrutura com catedral composta por vitrais, Casa do Papai Noel, presépio gigante e vila natalina.

A solenidade de inauguração contou com a presença do prefeito Bruno Reis, acompanhado da vice-prefeita e secretária de Governo (Segov), Ana Paula Matos, dentre outras autoridades, dentro do projeto Natal Salvador, cujo tema deste ano é Luz para Recomeçar. Este ano o diferencial são diversas ações inclusivas voltadas para pessoas com deficiência, além de homenagens a profissionais de saúde e às vítimas da Covid-19.

Na ocasião, o prefeito Bruno Reis lembrou que, mesmo com todo o esforço da Prefeitura para que a cidade superasse a pandemia do Covid-19, a gestão se empenhou para trazer um Natal marcante para a cidade. “Que este Natal sirva para o reencontro da nossa cidade e para todos nós que perdemos entes queridos, tivemos dificuldades na convivência social e questões econômicas. Que sirva para darmos a volta por cima e que possa representar a virada de uma triste história da cidade. É um momento de reflexão onde transborda nos nossos corações os sentimentos de compaixão e amor. É com estes sentimentos que faço o apelo de que todos se vacinem”, declarou.

Segundo o prefeito, há quatro anos Salvador tem se destacado na promoção dos festejos de Natal. “Preparamos um Natal especial e este será o maior Natal da história de Salvador. A cada ano a cidade se consolida como o principal local de festejo natalino do Nordeste e em breve seremos um dos maiores do Brasil”, afirmou.

“É muito emocionante proporcionar, por mais um ano, este clima natalino e de alegria na cidade. O trabalho é sempre no sentido de entregar o melhor para a população. Este ano, em especial, estamos trazendo um ambiente mais inclusivo para as pessoas com deficiência”, declarou o diretor de Iluminação Pública da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Dsip/Semop), Júnior Magalhães, coordenador da iniciativa.

Programação

A noite contou ainda com a apresentação de Manuela Dourado, 13 anos, aluna de música do Instituto de Cegos da Bahia (ICB), que encantou os presentes cantando clássicos como “Então é Natal”. A pequena é atendida nas diversas áreas do ICB, como saúde, consultórios de oftalmologia, reabilitação visual com aulas de Braille, tecnologia e Soroban, que é um recurso educativo específico para aprendizagem de cálculos matemáticos por estudantes com deficiência visual no Brasil.

Logo em seguida os presentes puderam acompanhar a apresentação da banda da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) Salvador. No ritmo da percussão a banda embalou o público ao som da canção tradicional natalina “Bate o Sino”. A noite ainda contou com a apresentação do coral da Diretoria de Serviços de Iluminação Pública (Dsip).

Agendamento

A visitação poderá ser feita até dia 6 de janeiro, sempre de 18h às 22h, mediante agendamento no link natal.salvador.ba.gov.br. O site disponibiliza cinco horários (18h, 19h, 20h, 21h e 22h), e o limite é de duas mil pessoas para cada sessão. O tempo de permanência por pessoa na praça é de até 50 minutos.

Acessibilidade

O site de agendamento foi redesenhado e está totalmente focado em atender também às pessoas com deficiência. Além disso, a Praça do Campo Grande passa a contar com monitores para dar auxílio ao deslocamento dos cegos, peças com descritivos em braile, além de equipe treinada em libras.

Inspirada nos castelos de cristais com composições em azulejos presente nos painéis das igrejas da Bahia, a Catedral “Luz Para Recomeçar” traz recortes de vitrais com imagens natalinas. O túnel tem nove metros de altura e 87 metros de extensão, todo coberto com micro lâmpadas de LED branco. Placas de madeira com estampas de azulejarias azul desenhadas à mão complementam a obra de arte.

Durante o percurso do túnel, os visitantes se deparam com três boulevards compostos de imagens e grandes lustres de cristais com iluminação especial. A caminhada pela catedral é embalada por uma trilha sonora composta por 20 canções que sincronizam as 250 mil microlâmpadas que preenchem o teto e as laterais da estrutura até o chão.

Já a Casa do Papai Noel é transparente com luzes natalinas e oferece a experiência de presenciar, através das janelas e portas de vidro, o cotidiano da vida do Bom Velhinho. O imóvel é dividido em dez ambientes: varanda, sala de estar, sala do trono, sala de música, escritório, quarto, banheiro, sala de jantar, cozinha e quintal, além de trenó estacionado na garagem.

A varanda de entrada é decorada com bonecos de barro, árvores e um presépio com pintura fina e detalhes dourados. A sala de estar, por sua vez, é composta por uma lareira, poltronas douradas e o tapete. Na sala do trono está uma árvore com três metros de altura e um grande trono vermelho acolchoado.

Já na sala de jantar a mesa é recheada por comidas típicas de natal, frutas, pães, pratos, talheres, flores, toalha fina, cadeiras estofadas e lustre de cristal, enquanto que a cozinha é completa com fogão, geladeira, pia e utensílios domésticos. E como uma casa do Papai Noel merece, um forno antigo a lenha e a chaminé completam o centro da copa-cozinha.

A sala de música é preenchida com um piano e outros instrumentos. Logo ao lado está o escritório todo ambientado com móveis e objetos antigos e, em seguida, está o quarto decorado com mobiliário de época, roupas de cama com detalhes vermelhos, cortinas e quadros com fotos de lembranças do Bom Velhinho.

Tem até um banheiro com tons dourado e branco com banheira, chuveiro e armários e um quintal com uma plantação de pinheiros verdes. Com toques cinematográficos, a Casa do Papai Noel é inovadora e traz todos os detalhes realistas que encantam todos que a conhecem.

Presépio

O presépio, principal símbolo do Natal, é todo construído artesanalmente. José, Maria, o menino Jesus, os magos e todos os animais presentes são esculturas em eco isolador com revestimento de serragem natural e aplicação de microlâmpadas de LED dourada.

Segundo a prefeitura, os personagens medem 80 centímetros a 2,50 metros de altura e ficam presentes em um estábulo confeccionado de madeira envelhecida e palhoça. No alto do telhado, uma estrela de Belém e um anjo anunciam o nascimento do menino Jesus.

Todo o presépio fica em um elevado de 70 cm que ocupa uma área de 120m², com pintura rústica de barro e areia, representando o deserto e trazendo elementos da época do nascimento de Cristo. A iluminação foi projetada de forma especial para salientar o foco de luz em cada peça e também destacar a ambiência dourada na paisagem geral da Praça do Campo Grande.

A árvore, lúdica e interativa com 24 metros de altura chama atenção entre os diversos atrativos espalhados na Praça do Campo Grande. O ornamento possui 24 janelas de madeira com pintura dourada e iluminação especial. Entre essas janelas, há bolas de natal de LED, fitas de presentes iluminadas e pisca-pisca com sincronia com uma trilha sonora tocada.

A base da árvore é circulada com paredes de madeira com quatro portas grandes e 16 janelas embutidas que têm TVs para exibição de imagens de pessoas interagindo. Com isso, a ideia é simbolizar que a árvore da vida.

Homenagem

Como forma de homenagear todos os profissionais de saúde que se dedicam na linha da frente do combate à pandemia e na vacinação contra a Covid-19, a decoração especial do Campo Grande traz uma outra peça instagramável formada por caixas luminosas e avatares que representam os profissionais de saúde. A peça pretende levar à reflexão sobre o trabalho que milhares de profissionais de saúde desenvolveram durante este período de crise sanitária.

Memorial das estrelas – Esse espaço é em memória a todas as vítimas da Covid-19 no qual cada luzinha e cristal presente homenageia aqueles que morreram em função da doença. Trata-se de uma experiência sensorial e emocionante para qualquer visitante, em um ambiente confeccionado com estrutura de metalon e revestido de material translúcido, tendo teto e paredes forradas de luzes de Natal e cortinas de cristais. Os visitantes passam por uma ponte branca ao som de uma trilha sonora calma e um perfume suave que toma conta do ambiente.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.