Madre de Deus: Prefeitura não paga salários e Hospital Municipal pode ter restrição dos atendimentos

0

Os médicos da cidade de Madre de Deus estão sem receber salários. A gravidade do problema levou o Sindicato dos Médicos da Bahia a buscar a intermediação do Ministério Público do Trabalho. Finalmente, hoje, após um adiamento, a audiência pública foi realizada. Porém não houve acordo entre os médicos e a prefeitura da cidade.

O Sindimed-BA informa que caso a prefeitura de Madre de Deus não pague diretamente os salários atrasados aos médicos, no prazo de 72 horas, a partir de hoje, haverá restrição de atendimentos das fichas verdes e azuis no Hospital Municipal Dr. Eduardo Ribeiro Bahiana.

Os médicos estão fazendo tudo que podem para não deixar a população de Madre de Deus desassistida, no entanto, essa situação, além de desrespeitosa, é insustentável. Nenhum trabalhador pode ficar sem remuneração. Salário é questão de sobrevivência.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.