Unidades de saúde oferecem testagem de Covid-19 em bairros e distritos; veja os critérios

0

Desde o início de janeiro a Prefeitura de Candeias por meio da Secretaria de Saúde, implementou a testagem para Covid-19 em 19 unidades de saúde distribuídas em diversos bairros e distritos.

Conforme a pasta, as UBSs e os PSFs estão localizadas e atendem na Boca da Mata, Colônia e Pindoba, das 8h às 15h30; em Passagem dos Teixeiras e Madeira, das 8h30 às 11h30; em Menino Jesus, Canta Galo, Caroba, Caboto, Sarandi, Condomínio, Nova Candeias, Santo Antônio, Malembá, Martins Bomfim, Santa Clara, Urbis 2, Urbis 1 e Passé, das 13h às 15h.

Além das consultas e atividades de rotina, essas Unidades Básicas de Saúde – UBSs, prestam assistência aos pacientes com sintomas leves, por ordem de chegada, de segunda a sexta-feira, no horário de 8h as 17h, não sendo necessário o deslocamento para as unidades de emergência neste período.

Os pacientes com sintomas gripais, farão o teste de detecção da Covid-19, após a triagem realizada pelo médico ou enfermeiro do local. A triagem vai avaliar se o paciente tem critério para testagem, que será realizada apenas em pacientes com sintomas (entre 3 a 7 dias). A Secretaria de Saúde define que a testagem não será realizada em pacientes que não apresentam sintomas de gripe, nem será feita retestagem para confirmação do primeiro teste.

A coordenadora da Atenção Básica de Candeias, Flávia de Almeida, reforça para a população a importância de ter atenção aos principais sintomas gripais como febre, tosse, coriza, dor de garganta, dor de cabeça, dificuldade respiratória, alteração do olfato e paladar, além de fraqueza no corpo. “Outra coisa é lembrar que só a imunização completa previne os casos graves e reduz consideravelmente a necessidade de internação e óbito”, disse ela.

A coordenadora destaca ainda a eficácia do uso de máscaras, a higienização frequente das mãos, e a responsabilidade do distanciamento social, para se evitar aglomerações. “É imprescindível manter o isolamento em caso de contaminação, pois muitas pessoas, mesmo sabendo que estão contaminadas, continuam circulando pelas ruas, espalhando o vírus”, explica.

Estratégias para os exames

A Sesau percebeu experiências de outros municípios, onde mostram os centros de gripários lotados, o que gera, além de longas filas, aglomerações e um tempo de espera prolongado de atendimento. Desta forma, foi considerada a descentralização da assistência para aplicação de uma estratégia eficaz, que possa manter os protocolos sanitários, além de ofertar um tempo de espera reduzido com a distribuição de unidades de testagem.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.