Candeias tem a confirmação dos dois primeiros casos da H3N2

0

O município de Candeias teve a confirmação dos dois primeiros casos da Influenza A (H3N2), atestado pelo LaCen.

O secretário de Saúde, Marcelo Cerqueira, alerta à população para manter os cuidados sanitários contra essa gripe que vem assolando o Brasil, bem como, manter a prevenção contra COVID-19.

Marcelo relata, que o município teve um aumento significativo dos casos de gripais, em adultos e crianças, e que o município já requisitou uma quantidade maior de medicamentos para combater esse surto.

Que com o aumento em 70% em casos gripais nesse último mês de dezembro, infelizmente, os postos de saúde tiveram seus estoques diminuído consideravelmente, mas que a secretaria de Saúde já requisitou o abastecimento completo dos medicamentos.

H3N2

O vírus Influenza, causador da doença, tem uma característica sazonal: ele circula durante o ano todo, nas diversas regiões do mundo, com predomínio nos meses do outono e inverno.

O aumento dos casos durante o mês de dezembro 2021 no país é um fenômeno incomum, que pode estar associado à baixa cobertura vacinal contra a gripe

Existem quatro tipos de vírus Influenza: A, B, C e D – os dois primeiros são responsáveis por epidemias sazonais em várias regiões do mundo, com circulação predominantemente no inverno e, o terceiro, causador de infecções mais brandas. Já o vírus influenza D, identificado em 2011 e isolado nos Estados Unidos em suínos e bovinos, não é conhecido por infectar ou causar a doença em humanos.

O tipo A é classificado em subtipos, como o A(H1N1) e o A(H3N2). Os nomes das cepas são definidos pelas proteínas essenciais para a capacidade de infecção do vírus Influenza, a hemaglutinina (H) e a neuraminidase (N).

Existem pelo menos 18 subtipos de hemaglutininas e 11 subtipos de neuraminidases descritos pela ciência. O vírus A (H3N2), por exemplo, que tem circulado com maior predominância no Brasil em 2021, contém hemaglutinina subtipo 3 e neuraminidase subtipo 2.

As epidemias são provocadas por variantes de três vírus principais, que circulam na população humana, sendo dois do tipo A: influenza A(H1N1)pdm09 e A(H3N2), e de influenza B, que não tem subtipos, mas sim duas linhagens: Victoria e Yagamata.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.