Governo desapropria área pra reformar semianel viário de Candeias

0

O governo da Bahia desapropriou uma área de quase 400 mil m² para implantação do semi-anel viário de Candeias, subtrecho para complementação do anel viário, ligando a rodovia BR-324 à rodovia BA-523, no Município da região metropolitana, conforme publicação no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (15).

O governo havia anunciado neste mês que iria recuperar o local com o objetivo de retirar o tráfego de caminhões e carretas da área urbana da cidade.

A obra é de responsabilidade da Secretaria de Infraestrutura da Bahia (Seinfra) em um trecho de 13,9 km entre os entroncamentos da BA-523 e da BR-324. A reforma terá um investimento previsto de R$ 26 milhões.

“A requalificação do Semianel Viário de Candeias vai melhorar o fluxo de veículos em direção à Madre de Deus e São Francisco do Conde. A via passará a ser utilizada por veículos de grande porte que trafegam pela região. Mais uma importante ação para a melhoria da mobilidade urbana na região Metropolitana de Salvador. Um investimento previsto de R$ 26 milhões” ressalta Marcus Cavalcanti, secretário de Infraestrutura. A abertura dos envelopes com as propostas das empresas interessadas acontecerá em 05 de outubro.

Outras obras de Infraestrutura são feitas pela Seinfra em Candeias e região. A restauração em 13,5 km da BA-522, do entroncamento da BA-522 até o distrito de Menino Jesus, está em fase inicial. A ponte que liga Madre de Deus a São Francisco do Conde, na BA-523, passa por recuperação. A obra no equipamento localizado na Av. Milton Bahia Ribeiro, em Madre de Deus, chegou a 50% de execução e deve ser finalizada neste mês de setembro. O processo de licitação para a requalificação em 19,2 km da BA-522, da rotatória do contorno de Candeias ao entroncamento da BR-420, em Santo Amaro, se encontra em andamento.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.