Setur-BA discute integração de obras do Prodetur à comunidade de Caboto

0
Foto: Atarde

Na última segunda-feira (15), a Secretaria de Turismo da Bahia (Setur-BA) discutiu a integração da comunidade de Caboto aos projetos de requalificação do Museu do Recôncavo Wanderley Pinho e de seu atracadouro.

“É importante que as pessoas que visitarem o museu visitem também a comunidade, por isso seria interessante a construção de uma trilha para este acesso”, pontuou Robson Santana, da equipe de Maria del Carmen, representante da Associação Comunitária Amigos de Caboto.

A requalificação do Museu Wanderley Pinho em Caboto, distrito de Candeias, é a única intervenção cultural das 13 realizadas pelo Prodetur na Baía de Todos-os-Santos. As outras obras são de infraestrutura náutica e incluem a requalificação do atracadouro do museu. O programa é desenvolvido pela Setur-BA, com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID e contrapartida do Governo do Estado.

“A geração de emprego e renda é o principal objetivo dos nossos projetos turísticos, por isto é importante conhecer as demandas para estudar a melhor forma de integrar a comunidade ao uso dos equipamentos”, disse Benedito Braga, chefe de Gabinete da Setur-BA.

Acessibilidade, inclusão da comunidade em projetos sociais, cursos profissionalizantes, construção de trilhas, capacitação de guia de turismo para jovens da comunidade e saneamento foram alguns dos itens em discussão.

O chefe de Gabinete da Setur-BA ressaltou também que a requalificação e administração do museu e do atracadouro envolvem órgãos como Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural – Ipac, Secretaria de Cultura do Estado (Secult), Secretaria de Infraestrutura (Seinfra)e a Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder), e que novos encontros serão marcados com a participação de seus representantes para discutir as questões relacionadas à comunidade.

Participaram também da reunião desta segunda-feira Fernanda Pita, presidente da Acac; Antônio Fernando, superintendente de Investimentos em Zonas Turísticas da Setur, e Bruno Barbosa, José Borba, Márcio Correia e Marcos Miranda, técnicos da Setur, entre outros.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange