Candeias: Médico considerou gasto construção de hospital de campanha

2

O gasto seria desnecessário e que o ideal seria investir no combate a fome, mas desconhece o médico esquece o receio de doentes crônicos que estão deixando de ir ao Hospital Ouro Negro e ao Centro Luiz Viana com medo de contrair a covid-19

Em entrevista na manhã desta terça-feira, 23, na Rádio Mix 89,3, em Candeias, na Região Metropolitana a 46 km de Salvador, o médico e sócio Amâncio Nascimento, da Clima (Clínica Maria Albano), na mesma cidade, disse que ligou para o prefeito por considerar desnecessário a construção (ou compra pré-moldada) de um hospital de campanha para controle e combate ao novo coronavírus, uma pandemia mundial que assola 200 países e causou a morte de 472 mil pessoas e infectou mais de 9 milhões.

Na avaliação do experiente médico – respeitado pelo lado humano e social que exerce na clínica particular –, seria um gasto desnecessário no valor de R$ 7 a 10 milhões (não soube precisar) para o momento já que depois perderia a utilidade.

Contudo, a Prefeitura – e o médico não falou sobre isso – gastou R$ 1,4 mi em 8 respiradores sendo que a cidade tinha 9 e teve que ceder 7 ao Estado por solicitação administrativa.

Muitos dos equipamentos que seriam usados no hospital de campanha poderiam ser utilizados depois.

Dr. Amâncio Nascimento pediu que fosse investido na alimentação de pessoas de baixa renda – que atravessam extrema dificuldade neste momento – ao invés de gastar com hospital “descartável”, mas esqueceu o puco investimento da gestão no atendimento a pessoas de baixa renda ou de alta vulnerabilidade social.

Mas, o médico jura Hipócrates para salvar vidas e não deve pensar apenas em economia, o que não acredito ser o caso.

Candeias tem 516 casos, 159 pessoas isoladas com suspeita, 11 internados e 19 mortes com covid-19. Ocorre que o atendimento e internamento são feitos no mesmo lugar  para onde acorrem hipertensos, diabéticos, cardíacos e outras doenças crônicas que se recusam a procurar o Hospital Ouro Negro e o Centro Luiz Viana Filho com receio de contrair covid-19 que, em muitos desses casos, é fatal.

Também os 2 locais servem para atendimento de urgência e emergência em Candeias.

Frases e fatos

A expressão do experiente e qualificado médico somente valeria porque já estamos ou próximo ou na metade da pandemia e o investimento poderia ser desnecessário, mas “Candeias não precisar de Hospital de Campanha é idêntica situações históricas como:

Pelé – “Não reconheceu a filha”;

Rui Barbosa – “Tinha restrições a presença de negros na sociedade brasileira”;

e o Barão de Cobertein (Idealizador da Olimpíada da Era Moderna), que era contra a presença de mulheres nas Olimpíadas.

Verbas

Candeias é a 7ª cidade com maior receita na Bahia, tem R$ 285 mi em caixa, deve receber R$ 8 mi do Governo Federal para controle da covid-19 e economizou no período com:

Transporte (funcionários não estão sendo transportados nem estudantes) em torno de R$ 5 mi;

Com energia elétrica, água e materiais diversos (escritório, informática) em razão de repartições públicas estarem fechadas, a Prefeitura também fez economia;

O déficit orçamentário brasileiros seria de R$ 120 bilhões e, por causa da pandemia, o país vai gastar em torno de R$ 800 bilhões, ou 7 vezes mais.

A arrecadação mensal de Candeias gira em torno de R$ 27 mi mesmo com a pandemia.

Tudo News

  1. Deise Nessim Diz

    Bom dia. Considerando a opinião deste honrado médico, discordo pelo fato de que as mazelas econômicas, sociais e humanas sempre existiram e foram potencializadas neste momento por conta da pandemia assim vivenciada. É premente a construção de um local de atendimento especializado, tendo em vista a volatilidade de transmissão do vírus e os crescentes números de acometimentos que tem por fim último os acolhimentos, internações e óbitos. Obviamente que as demais expressões da questão social deve ser também atendidas e devem ser realizadas num trabalho conjunto e intersetorial. Sinto pela observação/ponderação feita pelo mesmo e leia-se rasa, pontual e focalizadora.
    Obrigada.

    1. Deise Nessim Diz

      Corrigindo:”…que as expressões da questão social DEVEM”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange