Candeias inicia toque de recolher como medida de enfrentamento a disseminação do coronavírus

0
Foto: Candeias Mix

A primeira noite de cumprimento do toque de recolher começou na noite desta quarta-feira (20), com uma proposta educativa na 10ª Companhia Independente da Polícia Militar, localizada no distrito da Caroba. Os 92 servidores convidados a fazer parte da força tarefa de fiscalização foram reunidos para receber orientações do comandante da Polícia Militar de Candeias, major Washington Eurico. O major explicou à equipe que o primeiro ponto da abordagem tem a proposta de esclarecer ao cidadão a responsabilidade de estar em casa e de garantir a segurança das pessoas e dos fiscais.

“São sete guarnições que sairão hoje em comboios junto com os fiscais e a polícia civil. Onde estaremos orientando as pessoas que se desloquem para suas residências. Caso haja resistência, estaremos encaminhando a pessoa à delegacia para que ela entenda e tenha consciência da responsabilidade de ficar em casa nesse momento”, afirmou o major.

A secretária Soraia Cabral falou da dificuldade da população aderirem ao isolamento social, que está no patamar de 45 por cento no momento. “Queremos acalmar a população, que ainda tem muita dúvida sobre sintomas, por meio de orientações nas redes sociais e site da prefeitura, de como proceder e como fazer a quarentena. Mas precisamos mudar de estratégia para aqueles que não estão fazendo o isolamento. Depois do fechamento do comércio não essencial, agora, com o toque de recolher” explicou a secretária.

Cumprimento do Decreto – Durante a vigência do toque de recolher, os fiscais vão estar divididos em equipes nos bairros, com presença mais expressiva nos locais com maior incidência de casos de coronavírus no município. De acordo com o decreto, fica proibida a circulação de pessoas das 20h às 5h do dia seguinte, exceto quando necessária para acesso aos serviços essenciais e sua prestação, comprovando-se a necessidade ou urgência.

A ação vai até 31 de maio, sendo o prazo inicial de onze dias. Esta medida busca a restrição de locomoção noturna, devendo as pessoas permanecer em suas residências, sendo proibida a qualquer indivíduo a circulação e o trânsito em vias, equipamentos, locais e praças públicas. A fiscalização está sendo realizada com equipe de força tarefa integrada com as secretarias municipais juntamente com a Polícia Militar e Policia Civil.

Enquanto perdurar o toque de recolher, só será permitido o deslocamento para ida a serviços de saúde ou farmácia, sendo permitido neste período o serviço de delivery de medicamentos. Os moradores poderão circular na cidade desde que fique comprovada a urgência ou emergência do deslocamento. Caso contrário, o cidadão será autuado e, em caso de resistência ao decreto poderá ser conduzido até uma unidade policial.

Serão permitidos ainda o deslocamento de servidores, funcionários e colaboradores, no desempenho de suas funções, que atuem nas unidades públicas ou privadas de saúde, além das estruturas das forças policiais e de segurança pública e patrimonial. Além disso, são permitidos o funcionamento dos postos de combustíveis, e dos serviços de delivery de alimentos, entre as 20h às 23h59, com a garantia por parte dos empregadores do transporte dos colaboradores em direção a suas casas, ao final do serviço.

Nestes dias, também fica proibida a realização de atividades esportivas tipo caminhada, corridas, exercícios, nas calçadas, praças, e área de uso comum dos condomínios e loteamentos residenciais, além de festas e reuniões nos salões e áreas de convivência de condomínios e loteamentos residenciais do município.

O objetivo da gestão é tentar frear o número de contaminação pelo coronavírus, dado o número alto de casos positivos. Até o momento da publicação 118 pessoas testaram positivo para a Covid-19 e um, óbito confirmado, até o momento da publicação.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange