André Hack Bahi Voluntário brasileiro que lutava ao lado da Ucrânia morreu em combate, dizem outros militares

0
Foto: Reprodução

Combatentes relataram nas redes sociais a morte de um soldado voluntário brasileiro na Ucrânia. De acordo com informações do jornal O Globo, André Hack Bahi, que lutava ao lado das forças ucranianas desde o fim de fevereiro, teria sido vítima de ataques russos.

Em entrevista ao jornal, familiares de André disseram que foram avisados da morte por outros militares brasileiros. Eles disseram ainda que não receberam qualquer notificação oficial das Forças Armadas da Ucrânia ou do Itamaraty, que, procurados pela reportagem, não se manifestaram. Segundo a publicação, ele pode ser o primeiro brasileiro a perder a vida no combate.

Nascido em Porto Alegre e criado em Eldorado do Sul, no Rio Grande do Sul, Hack Bahi tinha 43 anos e vivia em Portugal. Segundo o jornal, ele chegou à Ucrânia pela fronteira com a Polônia. André tinha atuado como segurança privado no Brasil e também na Legião Estrangeira da França.

Formado em Enfermagem, Hack Bahi costumava publicar vídeos com armamentos pesados nas redes sociais e mensagens que mostravam fascínio a respeito de temas militares. Ele deixa três filhos, Álexyà, de dois anos; Manuelle, de oito; e Leonardo, de 14 anos. Todos eles moram no Brasil.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.