Vazamento expõe 100 milhões de celulares, incluindo os de Bolsonaro e Fátima Bernardes

Um novo vazamento de dados ocorreu na internet, podendo ter exposto mais de 100 milhões de contas de celular neste mês de fevereiro

0
Foto: Reprodução/Sérgio Lima/PODER 360

Um novo vazamento de dados ocorreu na internet, podendo ter exposto mais de 100 milhões de contas de celular neste mês de fevereiro, de acordo com o laboratório de segurança digital da empresa PSafe. Informações sensíveis de milhares de brasileiros foram comprometidas, incluindo as do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e de outras figuras conhecidas, como Fátima Bernardes e ainda William Bonner.

Dados como RG, tipo de conta, duração de ligações e diversos outros estavam à venda na dark web desde 3 de fevereiro, conforme afirmado pela PSafe. As informações teriam sido extraídas das bases das operadoras Vivo e Claro. Ao site NeoFeed, as empresas disseram desconhecer falhas no sistema ou qualquer vazamento de informações de seus clientes.

102.828.814 contas de celular acabaram vazadas através da ação cibercriminosa. Entre as informações hackeadas estão valores de contas telefônicas, CPFs e números de celular do presidente do Brasil, da apresentadora Fátima Bernardes e de William Bonner, como confirmado pela PSafe. Ainda não se sabe se outros nomes conhecidos tiveram suas contas vazadas.

As informações estariam sendo vendidas fora do Brasil pelo valor inicial de US$ 1 cada. A empresa de segurança cibernética informou que entrará em contato com a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) para que uma investigação seja realizada.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange