Nervoso, Bolsonaro manda repórter “calar a boca” e chama jornal de “patife” e “canalha”

0
Foto: divulgação/Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido), durante coletiva em frente ao Palácio da Alvorada na manhã desta terça-feira (5/5), mandou repórteres calarem a boca ao ser questionado sobre as recentes mudanças na Polícia Federal. 

Em tom bastante alterado, atacou a Folha de São Paulo, chamando o jornal de “canalha”, “patife” e “mentiroso”. Bolsonaro disse, ainda, que não tem parente investigado pela Polícia Federal.

“Uma mentira que a imprensa replica o tempo todo, dizer que meus filhos querem trocar o superintendente [da PF no Rio]”, completou. Durante sua argumentação, o presidente foi questionado por jornalistas se havia pedido a mudança na superintendência da PF no Rio. “Cala a boca, não perguntei nada”, respondeu a um primeiro questionamento, feito por uma repórter de O Estado de S. Paulo.

ASSISTA

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange