Motorista da Uber diz que passageira usava um “short tipo Anitta”; cantora responde

0
Foto: Reprodução / Twitter

O motorista da Uber, André Lopes Machado, de 43 anos, acusado de assediar uma adolescente de 17 anos em Viamão, Região Metropolitana de Porto Alegre, prestou depoimento na Delegacia da Mulher da mesma cidade nesta terça-feira (18).

[Assista ao vídeo no final da reportagem]

Aos policiais, o motorista de aplicativo declarou que a passageira usava um “short tipo Anitta”, ao justificar o assédio. “Mas ela estava com um short do ‘tipo Anitta’, uma mini blusa, com as pernas abertas no banco, me chamando atenção”, completou André.

A cantora utilizou as redes sociais e se posicionou sobre o caso. “Quanto à menina estar usando um short “tipo Anitta”, pra mim significa que ela é independente, não tem medo de ser quem ela quer e, acima de tudo, bem inteligente pra denunciar e expor um assediador para que outras meninas não passem pelo mesmo que ela”, escreveu Anitta.

E completou: “NADA justifica um assédio. A forma de se vestir, sentar, falar etc não significa qualquer autorização ou pedido ou convite a ser assediada e/ou invadida, abusada, estuprada etc”, postou a cantora.

No último domingo (16), a jovem se deslocava para a casa de uma amiga, quando gravou o momento em que ele a teria assediado. O nome dela não será divulgado pelo G1 por questão de segurança. “Ele começou a fazer elogios. Dizendo que eu era a passageira mais bonita que ele tinha pego, que geralmente só entrava gente feia”, contou a jovem.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange