Fila de espera do INSS volta a crescer após redução de análise de pedidos

0
Crédito da Foto: Arquivo/Agência Brasil

A fila de espera por benefícios do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) voltou a crescer. Os mais prejudicados continuam sendo os que procuram aposentadoria ou benefícios para idosos e deficientes em situação de miséria. As informações são da Folha de São Paulo.

Segundo a reportagem, o total de pedidos analisados pelo INSS, que alcançou 1,1 milhão em setembro do ano passado, voltou a diminuir, passando para 987 mil em outubro, 830 mil em novembro e 763 em dezembro.

A situação só não se agravou porque o órgão registrou diminuição no número de solicitações. A média registrada no ano passado foi de cerca de 900 mil requerimentos ao mês. Em janeiro deste ano, o número de novos pedidos foi muito menor, de 672 mil.

Os atrasos na liberação do INSS prejudicam principalmente pessoas de renda mais baixa. A média de valor das concessões autorizadas no ano passado foi de R$ 1.345 ao mês por benefício.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

Secured By miniOrange