Correios arrecadam 15 mil toneladas de doações para o Rio Grande do Sul

Por Redação
3 Min

Os Correios ultrapassaram uma marca significativa nesta semana, ao arrecadar mais de 15 mil toneladas de doações em todo o Brasil. Deste total, 3,5 mil toneladas já foram entregues à Defesa Civil, em um esforço conjunto para ajudar as vítimas das recentes tragédias naturais que assolaram o país. Água potável, roupas, itens de higiene e limpeza, colchões e até ração para animais de estimação estão entre os diversos itens recebidos, organizados e enviados gratuitamente pela empresa estatal.

Em um momento de solidariedade e união, os Correios se destacam por sua atuação social, como ressaltou o presidente da empresa, Fabiano Silva dos Santos. A rede capilarizada dos Correios, presente em todos os municípios do país, possibilita uma grande mobilização para auxiliar as comunidades em momentos de crise, como o que vivenciamos atualmente.

Na cidade de Porto Alegre, as operações no Centro de Distribuição Vila Jardim prosseguem de forma intensa, com funcionários se voluntariando para ajudar na triagem, recebimento e distribuição das doações. Mesmo com a situação crítica na capital gaúcha, os colaboradores dos Correios se uniram em um esforço conjunto para prestar apoio às famílias afetadas.

O gerente do Centro de Distribuição, Carlos Machado, destaca a importância do trabalho voluntário e ressalta a essência social da empresa. Para ele, é fundamental reconstruir e ajudar aqueles que foram atingidos pelas tragédias, mostrando o verdadeiro sentido de solidariedade e empatia.

Com o objetivo de ampliar a rede de apoio, os Correios têm como meta possibilitar que 500 toneladas de doações por dia cheguem ao Rio Grande do Sul. A logística de distribuição tem sido facilitada com a liberação das principais rodovias de acesso ao estado e a busca por parcerias com empresas privadas para ampliar a capacidade de armazenamento.

Para facilitar a triagem e agilizar as entregas, os Correios estabeleceram uma lista de prioridades de itens a serem doados, como água, alimentos, itens de higiene pessoal e limpeza. É importante ressaltar que, temporariamente, não estão sendo aceitas doações de vestuário, conforme acordo com a Defesa Civil.

Além disso, a empresa está recrutando voluntários para ajudar na triagem de doações em diversas cidades do país, mostrando que a solidariedade e o espírito de colaboração estão presentes em todos os cantos. Se você deseja contribuir e fazer a diferença, entre em contato com os Correios e saiba como ajudar nesse momento de dificuldade.

A atuação dos Correios nesse cenário de emergência demonstra o compromisso da empresa com a sociedade e o papel fundamental que desempenham no apoio às comunidades em momentos de crise. Uma história de solidariedade, empatia e união, que inspira a todos a se unirem em prol do bem comum.

Por: Secretaria de Comunicação Social (Secom)

Com informações da Agência Gov

Compartilhe Isso
- Advertisement -