13 Anos Depois: Mutuários Ainda Lutam na Justiça por Indenização

Treze anos se passaram desde que o sonho da casa própria se transformou em um pesadelo para os mutuários do Residencial Vila Verde Candeias.

Redação Redação 1346 vistos
2 Min

Há treze anos, uma propaganda sedutora, estampada em outdoor, sites e panfletos, encantou dezenas de famílias candeienses, levando-as a investir todas as suas economias em um sonho que, infelizmente, transformou-se em um terrível pesadelo.

Após investirem suas economias e depositarem suas esperanças em um lar digno, essas famílias ainda enfrentam batalhas jurídicas em busca de indenização pelos prejuízos sofridos.

O abandono do empreendimento, que completa 13 anos esse mes de fevereiro, deixou dezenas de famílias sem moradia e mergulhadas em uma situação de incerteza e desamparo. Mesmo após tanto tempo, os mutuários continuam lutando nos tribunais para que a construtora responsável e a Caixa Econômica, que financiou o projeto, sejam responsabilizadas e forneçam uma reparação adequada pelos danos causados.

A Associação dos Mutuários do Residencial Villa Verde Candeias (AMRVVC) tem sido a voz dessas famílias, representando cerca de sessenta compradores em seus esforços para buscar justiça. Com o apoio de advogados e especialistas jurídicos, os mutuários buscam evidenciar os prejuízos materiais e morais decorrentes do abandono do empreendimento e da falta de entrega dos imóveis.

Enquanto isso, o tempo passa e as famílias continuam sem uma solução definitiva para o problema. A espera por uma decisão judicial que possa trazer algum alívio e compensação para os anos de angústia e incerteza persiste, alimentando a esperança de que, um dia, a justiça seja feita e os mutuários possam finalmente recomeçar suas vidas com dignidade e segurança.

Compartilhe Isso
- Advertisement -