Preso em Camaçari acusado de envenenar chupeta para matar filho de 2 meses

Por Redação
2 Min

Homem suspeito de tentar matar filho de dois meses é preso pela Polícia Civil em Barra de Pojuca

Na última quinta-feira (11/4), a Operação Argus, da Polícia Civil, resultou na prisão de um homem suspeito de tentar matar seu filho de dois meses. O indivíduo foi localizado em Barra de Pojuca, distrito de Camaçari, por equipes do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Segundo a delegada Andréa Ribeiro, diretora do DHPP, as investigações apontaram que o homem envenenou a chupeta do bebê com chumbinho por não aceitar a paternidade da criança. Felizmente, a criança foi socorrida e medicada a tempo, evitando uma tragédia. O crime ocorreu em outubro de 2010.

Ao ser interrogado sobre a situação, o suspeito afirmou, na época, que sua intenção era apenas assustar a mãe da criança, conforme relatou a delegada. No entanto, suas ações tiveram consequências graves e criminosas.

Após passar por exames de lesões corporais, o suspeito foi encaminhado à Coordenação de Polícia Interestadual (Polinter) e está agora à disposição da Justiça para responder por suas ações. A prisão desse indivíduo representa um passo importante na busca por justiça e proteção às vítimas de crimes tão graves como esse.

O caso chocou a comunidade de Barra de Pojuca e ressalta a importância da atuação eficiente das forças de segurança para garantir a segurança e integridade de todos os cidadãos. A Polícia Civil seguirá empenhada em investigar e combater crimes dessa natureza, trazendo os responsáveis à justiça e evitando que tragédias como essa se repitam.

Compartilhe Isso
- Advertisement -