EXCLUSIVO: Sineide Lopes desiste e apoia Flávio Matos

Por Redação
2 Min

Em Camaçari, a pré-candidata à prefeitura Sineide Lopes, do Republicanos, recuou e retirou-se da disputa, optando por apoiar o presidente da Câmara de Vereadores, Flávio Matos (UB), como nome para suceder Elinaldo Araújo.

Em abril de 2023, Sineide Lopes, que era pré-candidata pelo Partido Social Democrático (PSD) antes de se juntar ao Republicanos, deixou a sigla em consenso com o senador Otto Alencar, vice-presidente do partido e um dos grandes nomes da legenda na Bahia.

Com a marca de 200 mil eleitores superada em Camaçari, a possibilidade de um segundo turno entre Flávio Matos e Luiz Caetano, do PT, está em pauta. No caso de um segundo turno, é necessário que o candidato obtenha mais da metade dos votos válidos para ser eleito, e se nenhum atingir esse critério no primeiro turno, a disputa é restrita aos dois mais votados.

No pleito eleitoral anterior, em 2022, Camaçari contava com 191.507 eleitores em dia com a Justiça Eleitoral. Atualmente, o município registra 201.224 eleitores aptos, apresentando um crescimento de 5,31%.

Além das pré-candidaturas de Oswaldinho Marcolino, pelo MDB, e Cleiton Pereira, do NOVO, a decisão de Sineide Lopes em apoiar Flávio Matos agita o cenário político local. A escolha de apoiar um candidato do próprio partido ao invés de permanecer na disputa reconfigura as estratégias eleitorais em Camaçari.

Portanto, a movimentação de Sineide Lopes e a definição dos candidatos que irão disputar a prefeitura colocam Camaçari em destaque no panorama político do estado da Bahia, sinalizando um cenário de competitividade e articulações políticas à medida que as eleições se aproximam.

Compartilhe Isso