SDE comemora posse da nova diretoria do SINDIMIBA.

Por Redação
3 Min

A presença da Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Bahia (SDE) marcou a posse da nova diretoria do Sindicato de Mineração na Bahia (SINDIMIBA), para a gestão de 2024-2028, realizada em Salvador na última sexta-feira (19). Na solenidade, diversas autoridades institucionais e políticas celebraram a nova gestão ao lado do sindicato.

Durante o evento, o novo superintendente de Atração de Investimentos e Fomento ao Desenvolvimento Econômico, Luciano Giudice, representando o governador Jerônimo Rodrigues e o secretário Angelo Almeida, ressaltou a relevância do setor de mineração na Bahia. Giudice enfatizou a importância do setor para a economia do estado, com números expressivos no PIB, arrecadação substancial de impostos e mais de 15 mil postos de trabalho diretos, impactando cerca de 180 mil famílias.

A posse da nova diretoria foi celebrada por Giudice, em nome do governador e do secretário. O presidente Sandro Magalhães foi parabenizado e desejado sucesso na condução do SINDIMIBA, com a certeza de que seu trabalho resultará em vitórias significativas para o setor. O Governo da Bahia colocou-se à disposição do sindicato e das empresas de mineração baianas para apoiá-los na busca por aproveitar o potencial e a diversidade mineral do estado.

Sob a liderança da nova gestão, Sandro Magalhães assumiu o compromisso de contribuir para o desenvolvimento econômico da Bahia. O presidente deseja mostrar a evolução do setor de mineração, incentivar a integração entre as empresas, atrair investimentos e respeitar o meio ambiente por meio das melhores práticas da indústria.

O SINDIMIBA, fundado em janeiro de 2010, representa e coordena as grandes empresas da indústria mineral da Bahia, promovendo a interlocução entre seus associados, os poderes públicos e demais entidades. Com 13 grandes empresas associadas, o sindicato atua em várias áreas extrativas minerais, como ouro, níquel, vanádio, ferro, cromita e magnesita.

Os dados do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM) mostram que a mineração na Bahia gerou um faturamento de R$ 9,7 bilhões no último ano, com um investimento estimado de US$ 9 bilhões até 2028, representando cerca de 16% do total de investimentos do setor no Brasil.

Fonte: Ascom/SDE

Foto: Mário Marques/SDE

Compartilhe Isso
- Advertisement -