Rascunho automático

Cesta Básica de Salvador: alta de 1,72% em março

Por Redação
2 Min

A Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) divulgou o novo valor da Cesta Básica de Salvador, que passou a custar R$ 585,59 no mês de março de 2024. Este cálculo foi feito com base em 2.996 cotações de preços coletadas em 96 estabelecimentos comerciais da capital baiana, incluindo supermercados, açougues, padarias e feiras livres. Em comparação com o mês anterior, o custo da cesta teve um aumento de 1,72%, o que representa um acréscimo de R$ 9,93 em termos nominais.

Dentre os 25 produtos que compõem a Cesta Básica de Salvador, 13 apresentaram aumento de preço, com destaque para o tomate (16,88%), cebola (13,22%) e banana-prata (12,09%). Por outro lado, 12 itens tiveram redução de preço, como a batata inglesa (-17,70%), a cenoura (-10,52%) e a linguiça calabresa (-6,02%). Essas variações impactaram diretamente o custo final da cesta.

Analisando os subgrupos que compõem a Cesta Básica de Salvador, é possível observar que os ingredientes do almoço soteropolitano tiveram um aumento de 3,57%, enquanto os alimentos da refeição matinal aumentaram 0,53% em relação ao mês anterior. Esses dois subgrupos são responsáveis pela maior parte do valor total da cesta.

Em relação ao tempo de trabalho necessário para adquirir uma cesta básica na capital baiana, um trabalhador soteropolitano precisa dedicar 98 horas e 38 minutos, o que equivale a quase metade do salário mínimo líquido. O boletim completo com todos os detalhes pode ser acessado no site oficial da SEI.

Continua depois da Promoção

Com esses dados, fica evidente a importância de monitorar de perto os preços dos itens que compõem a cesta básica, a fim de garantir o acesso da população a alimentos essenciais.

Compartilhe Isso
- Advertisement -