Acompanhe as últimas notícias da Cidade de Candeias na Bahia com credibilidade na informação sobre política, esportes e ações policias da região.

Estruturas do Carnaval devem ser retiradas em 10 dias, diz prefeitura

0

As empresas responsáveis pelas estruturas erguidas para o Carnaval 2017 têm até o dia 10 de março para concluir a desmontagem. O prazo foi estipulado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur) e o órgão municipal diz que isso visa garantir a segurança da população e a recuperação de áreas públicas nos circuitos oficiais da folia.

De acordo com a Sedur, o prazo foi estipulado conforme o artigo 53 do Decreto 20.505/2009. A multa para quem descumprir a determinação é de R$2.281,16 por dia de atraso. Após a desmontagem, cada empresa responsável pelas estruturas terá um prazo também dez dias para recuperação de áreas públicas que porventura tenham sido danificadas.

A restauração é obrigatória e prevista também no decreto. As notificações já foram entregues em todos os camarotes.

Limpeza

A Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb) prossegue com esquema especial de atuação para garantir que as vias dos circuitos e dos bairros, que receberam desfiles e shows neste Carnaval, estejam limpas. Os principais circuitos da folia passam por varrição e lavagem completas já na manhã desta Quarta-feira de Cinzas (1º).

No circuito Dodô (Barra-Ondina), a Limpurb montou uma programação para a operação pós-folia, que começa assim que o tradicional arrastão chegar ao fim. “Vamos manter a programação como se fosse mais um dia de Carnaval. Logo depois do evento, vamos entrar com um grupo especial para fazer a limpeza”, explica Kaio Moraes, presidente da Limpurb. Para os bairros onde aconteceram a folia, foram designadas equipes especiais já nesta manhã.

As faxinas executadas nos locais de folia consistirão em três etapas. Na primeira, os agentes de limpeza farão a varrição das ruas e avenidas. Depois entram os caminhões compactadores para o recolhimento dos resíduos. Logo em seguida, é feita a lavagem com caminhões-pipa. “Com isso, será tirado todo aquele lodo que fica acumulado nos passeios, na pista e nos meio-fios”, detalha o gestor.

Moraes ainda ressalta que o detergente aromatizante usado para a lavagem das vias é biodegradável e que boa parte dos componentes do material se dilui ao entrar em contato com redes de esgoto e pluviais. Além disso, a Limpurb apoia cooperativas para o reaproveitamento de materiais recicláveis e ainda efetuará a limpeza das praias no Circuito Dodô.

“Vamos ficar atentos para recolher toda a sujeira após os desmontes das estruturas, dos postos montados. Vale ressaltar que temos essa preocupação todos os dias do ano. De como melhorar, avançar e onde acabar com pontos irregulares de lixo”, frisa o presidente da Limpurb.

 

Leave A Reply

Your email address will not be published.