Bahia

Quase 3 mil universitários são convocados em edital do partiu estágio

Foto: Reprodução

A lista com os 2.897 universitários aprovados no segundo edital do Programa Partiu Estágio já está disponível no site da Secretaria da Administração do estado (Saeb). O resultado foi divulgado pelo governador Rui Costa durante conversa com internautas, em sua página no Facebook, nesta terça-feira, 3. Os estudantes convocados estão sendo informados sobre o resultado por e-mail.

De acordo com a Secretaria de Comunicação (Secom) estadual, os universitários têm o prazo de dez dias úteis para se dirigirem até o órgão ou entidade que irão estagiar, portando os documentos pessoais listados no edital. Caso o estudante não compareça, ele perde a oportunidade de estágio.

O contrato do programa tem duração de um ano, sem possibilidade de prorrogação. As atividades que serão realizadas pelos jovens constam no Plano de Estágio, documento que deve ser assinado pelo estudante, pela instituição de ensino superior e pelo órgão contratante, juntamente com o Termo de Compromisso de Estágio. A jornada é de quatro horas diárias e 20 horas semanais. O estudante tem direito a bolsa mensal, auxílio-transporte e recesso remunerado proporcional.

O Partiu Estágio foi lançado em abril deste ano e teve dois editais – o primeiro alcançou 20.108 inscritos e o segundo, publicado em agosto, teve 23.405 interessados. O programa dá prioridade para estudantes participantes do CadÚnico e para os que cursaram todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede privada.

Podem participar universitários regularmente matriculados em cursos presenciais de instituições estaduais, federais e privadas com sede na Bahia. O universitário deve ter idade mínima de 16 anos e ter cumprido pelo menos 50% do curso de formação.

Documentação exigida para o estudante começar a estagiar:

– Comprovante de residência

– Original e cópia da Carteira de Identidade

– Original e cópia do Cadastro de Pessoa Física (CPF)

– Original e cópia de carteira de identidade do representante legal ou do termo de guarda expedida por autoridade judicial, se for o caso

– Declaração da instituição de ensino informando o semestre letivo, o turno de estudo, o curso de formação e sua natureza presencial e a conclusão de, no mínimo, 50% do curso

– Comprovante de matrícula e frequência na instituição de ensino

– Declaração própria de que não exerce atividade remunerada em órgão público

– Original e cópia do título de eleitor, se for o caso

– Original e cópia do certificado de reservista, se for o caso

– Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS)

– Comprovação de inscrição no CadÚnico, se for o caso

– Histórico escolar do Ensino Médio

– Declaração da escola em que cursou o Ensino Médio, como bolsista integral, se for o caso

– E-mail convocatório emitido pelo sistema.

Com informações do A Tarde

2 Comments

2 Comments

  1. Gusmão Souza

    Gusmão Souza

    4 de outubro de 2017 at 09:19

    ESPERO QUE MEUS AMIGOS E AMIGAS CONSIGA

  2. Luana Lima

    Luana Lima

    4 de outubro de 2017 at 14:46

    Mercia Santos partiuu

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top