Acompanhe as últimas notícias da Cidade de Candeias na Bahia com credibilidade na informação sobre política, esportes e ações policias da região.

‘As inimigas são as coisas negativas’, diz Claudia sobre nova música

0

'As inimigas são as coisas negativas', diz Claudia sobre nova música
Toda de branco e rendas, num figurino exclusivo para o Festival Virada Salvador, assinado pela estilista alagoana Martha Medeiros, a cantora Claudia Leitte subiu ao palco nesta sexta-feira (29), cantando Claudinha Lacradora. Depois dela, ainda se apresentam Saulo e Solange Almeida.

Antes do show, Claudia falou sobre os projetos para o verão e o Carnaval. “Vai ser perfeito, o melhor Carnaval que a gente já fez na vida”, disse. Ela também prometeu lançar na semana que vem uma música com Alexandre Pires, além de parcerias com Carlinhos Brown e Eletrotimba e com o rapper Pitbull.

Polêmica com Lacradora
Neste domingo, a nova aposta da cantora, a música Lacradora, será exibido ao vivo no Fantástico. Ela falou sobre a polêmica em torno da letra, que traz o verso ‘copo na mão e as inimigas no chão’. “Eu acho que tudo aquilo que levanta a discussão positiva é salutar sempre. Eu dou espaço somente para aquilo que vai fazer bem a alguém. O que é importante? Saber que tem que respeitar a mulher, que mulher não tem que estar contra mulher e que Carnaval é alegria”, disse. Antes de entrar no palco, ela explicou em transmissão ao vivo: “As inimigas são todas as coisas negativas. A violência, a inveja…”

Os fãs chegaram cedo. Foi o caso de Tailson Ferreira, 19 anos, mora em Valença e acompanha a cantora há mais de cinco anos. Ao CORREIO, ele contou que perdeu o emprego em 2014 por conta de um show da cantora. “Meu chefe falou: ‘ou ela ou o emprego. Eu vim pra Salvador e perdi o emprego’”, contou ele, que se tornou fã da cantora por ela ter mandado uma mensagem de apoio para ele quando seu pai morreu, em 2014.

Roupa branca
O look monocromático é rendado e tem toda uma explicação por trás. A roupa, segundo a cantora, tem uma leve referência às baianas de acarajé, só que numa versão mais moderna e bem mais sensual. “Há um tempo adotei tudo branco. Palco branco tem explicação por trás disso”, disse a loira. Segundo Claudinha, o motivo é o tema Saúde. Além de adotado por causa da sua origem, ela cresceu no bairro de mesmo nome, em Salvador, ela falou que o este é o seu maior desejo e que tem a ver com o tema do show. “É o que todo mundo precisa para viver. E no meio do show tem dança, energia, muita troca. E saúde é o que todo diz quando brinda”, completou ela, que deve usar o tema no Carnaval. Os looks terão todos tênis.

Festival da Virada
Claudinha, que faz parte dos festejos da Virada em Salvador desde o Réveillon 2014, ainda no Comércio, disse se sentir honrada em mais uma vez pisar no palco no fim do ano. “A gente precisa de entretenimento assim de qualidade e com segurança. A gente é a cidade mais alegre e que mais recebe bem no mundo. Isso aqui é uma vitrine massa. Eu tô muito honrada, feliz. E quero extravasar no palco”, falou.

Ela também elogiou o novo espaço. “A energia continua igual, mas o lugar está ainda mais lindo. O palco está incrível”, falou, aprovando a nova estrutura. Ela também comentou o orgulho de a capital baiana ter a maior festa da virada de todo o país. “Salvador é assim, já fez Réveillon como se fosse Carnaval”, completou a cantora.

Leave A Reply

Your email address will not be published.