Esportes

Escudero volta para defender liderança

Escudero volta para defender liderança

Vitoria 24 08

Sem tempo para treinar, Vagner Mancini optou, na tarde de ontem (24/08), por uma conversa com o grupo e depois do aquecimento autorizou 20 minutos de rachão. O time do Vitória viajou cinco horas de São Luís para Salvador, domingo, desembarcando no início da tarde.

Por isso, o técnico não quis exigir muito do grupo. Preferiu um recreativo para descontrair e que serviu para testar Escudero. O capitão rubro-negro foi liberado e concentrou com mais 19 companheiros na chácara Vidigal Guimarães ao final da atividade.

Hoje (25/08), o Vitória volta a campo e enfrentará o Oeste, às 19 horas, no Manoel Barradas, na defesa da liderança do Brasileiro.

Rachão

No rachão entre os “prata da casa” e os “estrangeiros” desta feita deu o time de fora, que venceu com facilidade: 3 x 0, gols de Elton, Kanu e Diego Renan.

Os “estrangeiros” formaram com: Júnior Fernandez, Rhayner, Elton, Robert, Diego Renan, Pereira, Diogo Mateus, Kanu, Amaral, Jorge Wagner, Ednei, Marcelo Matos, Escudero e o assistente técnico Régis Angeli. O time “prata da casa” com: Caique, Vander, Vinícius, Marcelo, Flávio, Josué, Euller, Romário, Ramon, Wallace (goleiro), José Welison, David, André Cruz e o preparador de goleiros Washington Rufino.

 

Transição

O zagueiro Guilherme Mattis, o volante Pedro Ken e o goleiro Fernando Miguel realizaram atividades físicas e estão em franca evolução.

 

Bahia conta com vantagem histórica sobre Sport

 

Nesta quarta-feira (26), duas das equipes mais poderosas do Nordeste entram em campo, em mais um jogo da longa história entre Bahia e Sport.

O Esquadrão e o Leão disputam a vaga na fase internacional da Copa Sul-Americana.

Na ida, na última semana, o Tricolor largou na frente e venceu por 1 x 0, com gol de Maxi Biancucchi.

Serão três títulos brasileiros desfilando no gramado da Ilha do Retiro, dois conquistados pelo Bahia (1959 e 1988) e um pelo lado pernambucano (1987).

Na história dos jogos, os times já se enfrentaram 83 vezes. O Tricolor leva vantagem, com 35 vitórias. O Leão ganhou 19 e houve 29 empates. O Esquadrão marcou 115 gols e o rubro-negro pernambucano, 99.

Este será o quarto encontro somente em 2015 e mais uma vez, o Tricolor leva vantagem. Fora 02 triunfos e 01 empate.

O primeiro jogo da história aconteceu em 1932. Em amistoso, o Tricolor foi até Recife e venceu o Sport por 2 a 1.

Em partidas oficiais (Campeonato Brasileiro, Série B e Copa do Nordeste), foram 42 encontros, com o Tricolor vencendo 21, o rubro-negro 7, e ainda houve 14 empates. O Bahia marcou 49 gols e o Sport, 36.

Além da vantagem baiana em todos os quesitos, o Esquadrão também está na frente nos jogos “ida-e-volta”. Em fases eliminatórias, Bahia e Sport já decidiram vaga em oito oportunidades e o Esquadrão despachou o Leão em 7 e conquistou o título em 4 delas.

Clique para Comentar

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top