Mundo
0

Criança-bomba morre em explosão e mata mais cinco pessoas na Nigéria

-
Uma menina-bomba, que aparentava ter sete anos de idade, morreu hoje em um mercado na cidade de Potiskum, no Nordeste da Nigéria, matando mais cinco pessoas, de acordo com informações de testemunhas do atentado à Agencia France Press (AFP).
A explosão ocorreu no mercado de Kasuwar Jagwal, dedicado à venda e reparação de telefones, na capital econômica do estado de Yobe, um dos três mais afetados pelos ataques do grupo terrorista Boko Haram. A criança acionou o cinto de explosivos que levava à cintura.
“Cinco pessoas morreram ao mesmo tempo que a menina e 19 foram hospitalizadas devido aos ferimentos”, afirmou uma das testemunhas, Buba Lawan, que lidera milícia local de defesa.
Este é o segundo atentado suicida no mercado Kasuwar Jagwal desde o início do ano, depois de duas meninas terem acionado explosivos no dia 11 de janeiro, matando seis pessoas e ferindo 37.
Na véspera, outro atentado semelhante, cometido por uma menina de cerca de 10 anos, provocou a morte de 19 pessoas no principal Mercado de Maiduguri, capital do estado de Borno, vizinho de Yobo. Os atentados foram atribuídos ao Boko Haram, que controla várias localidades no Nordeste da Nigéria e tem multiplicado seus ataques desde 2009.
Com informações da Agência Brasil 

Buscas Relacionadas:

  • caiu na rede nua
  • corpo de homem hiv e dorgao morte
  • FOTOS CORPO DE CRIANÇA ESTUPRADA E MORTA
  • homem se mata apos namorada revelar em rede sociais video
  • professor se mata apos video na net
  • rapaz se mata apos namorada decobrir video dele dando o cu
  • selfie caiu na rede net web
AVISO: Os comentários exibidos acima não representam a opinião deste site, a responsabilidade é do autor da mensagem. Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site.

Tem 0 Comentários

Deixe um Comentário

Que tal expressar sua opnião?
Deixe uma Resposta!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>