Candeias

Projeto de lei do Prefeito pode por fim à Prainha

Prainha 01A emenda encaminhada à Câmara Municipal de Candeias na manhã de segunda-feira, 09, e entregue aos gabinetes dos vereadores hoje (10), pode acabar com um dos patrimônios cultural e de lazer que fica no Porto de Aratu, em Candeias.

Aprovado pela Câmara e sancionado em maio em 2015 pelo prefeito Sargento Francisco, o Plano Diretor de Desenvolvimento Municipal – PDDM, no artigo 77, inciso VII, letra “a” determina que a área, conhecida como “Prainha”, deverá ser preservada na integridade ambiental, pois já está incorporada ao contexto cultural e de lazer e consolidada como balneário da região.

O Projeto de Lei 13/16, agora no Legislativo, dispõe sobre alteração da Lei 924/15 o que permitiria a total modificação do ambiente destruindo um patrimônio da Cidade das Luzes.

A retirada da determinação de “Zona Especial Portuária Consolidada” poderá servir a interesses econômicos permitindo a construção de qualquer empreendimento que não seja de interesse social ou da comunidade de Candeias.

Como não houve sessão hoje (10) na Câmara por falta de quórum, e porque a oposição receosa de que o Projeto fosse lido sem a análise adequada não esteve no plenário, apesar de estar na Casa, o documento pode ser lido na quinta-feira.

Este mesmo assunto já foi tema de uma sessão na Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), no dia 3 de junho de 2015, em comemoração ao Dia do Meio Ambiente. Segundo as reclamações da comunidade, a ampliação do Porto de Aratu irá degradar a Baía de Todos os Santos, oferecendo riscos à saúde dos moradores da região.

O assunto é retratado inclusive no http://candeiascidadedasluzes.blogspot.com.br.

Um dos trechos do texto do blog se refere ao local assim: Localizada no canal de Cotegipe, ao fundo do porto de Candeias (conhecido mundialmente como Porto de Aratu), a Prainha é um lugar bem visitado por pessoas de várias regiões da Bahia, por ser bem reservado e um pouco distante da cidade e pelo fato também de algumas pessoas virem a Candeias conhecerem os dois portos: o de Aratu e o da Ford; O Espaço dela tem um pouco mais de 100m de comprimento, a quantidade de areia de praia é de poucos metros até a margem, apenas uns 15 metros e com isso, é mais aproveitável banhar-se com a maré cheia, ou ao pelo menos na metade da enchente; Um local apropriado para se praticar Esportes Náuticos com águas límpidas e verdes. Às Margens da Boca do Rio, viveram os índios Tupinambás, antes mesmo da descoberta do Brasil, mas não houve indícios de confrontos nessa área dos índios com os brancos em posse das terras.

18 Comentarios

18 Comments

  1. Valmira Oliveira

    10 de maio de 2016 at 19:22

    Candeias já tem muitos lugares para gente ir com a família ainda que acabar com a prainha oxi

  2. Rubens Junior

    10 de maio de 2016 at 19:29

    Se isso acontecer vai ser um crime

  3. Enrique Santos

    10 de maio de 2016 at 20:05

    Maior onda isso ae viu

  4. Gilmar A. Oliveira

    10 de maio de 2016 at 20:37

    A população nao pode deixar acontecer isso

  5. Deise Santos

    10 de maio de 2016 at 21:41

    Ja nao temos lugares imagine se isso de falo acontecer

  6. Deise Santos

    10 de maio de 2016 at 21:41

    Ja nao temos lugares imagine se isso de falo acontecer

  7. Cleide Santos

    10 de maio de 2016 at 22:14

    Onde fica?

  8. Cleide Santos

    10 de maio de 2016 at 22:14

    Onde fica?

  9. Renan Santos

    11 de maio de 2016 at 05:42

    Porto de aratu ao lado do patio da ford e Braskem

  10. Alexinaldo Pimentel

    11 de maio de 2016 at 07:18

    O q é pra fazer ele não faz

  11. Thays Lymma

    11 de maio de 2016 at 10:31

    Muito lamentável isso esse prefeito sei nao viu

  12. Jean Anjos

    11 de maio de 2016 at 10:41

    Prefeito de bosta.Não podemos deixar q isso aconteça.

  13. Rubens

    11 de maio de 2016 at 11:57

    Um dos poucos pontos de lazer da região esse sem noção quer acabar.

  14. Edvanei Sales

    11 de maio de 2016 at 13:24

    Pq n age no projeto q já tem pra Lagoa da cecece em vez de pegar a Prainha la do outro lado tem agi é dentro da cidade q o índice de criminalidade está alto e o tráfico de drogas restaurar os jovens pra sociedades isso sim

  15. Edvanei Sales

    11 de maio de 2016 at 13:24

    Pq n age no projeto q já tem pra Lagoa da cecece em vez de pegar a Prainha la do outro lado tem agi é dentro da cidade q o índice de criminalidade está alto e o tráfico de drogas restaurar os jovens pra sociedades isso sim

  16. Israel pereira

    11 de maio de 2016 at 18:06

    Ele deveria era olha para o museu o centro histórico dá quele estado abandonado

  17. Gilmar

    11 de maio de 2016 at 22:39

    Gente! Vamos lutar pelo que é nosso, essa Prainha não pode ser destruída, já temos pouco lazer na cidade e ainda querem destruir o que nós temos, vamos ficar de olho nesse projeto e na votação, os políticos dessa cidade não estão se importando nem um pingo conosco e nem com o nosso lazer e tampouco com a nossa educação e saúde, eu acho uma falta de respeito para com a natureza e com o povo candeiense, já estão de olho na áraa de Caboto e se puderem por fim em tudo eles farão dessa forma, cabe a nós nos movimentar-mos e entrar em contato co os órgãos responsáveis como o Meio Ambiente que pode até se mobilizar e dá um freio nesse tal projeto de gente estúpida e insensata, alega-se perigo no local mas se for pensar-mos desse jeito não teria nem se quer uma pessoa morando na cidade de Madre de Deus e nem no Distrito de Caípe, local onde o perigo é bem maior de que na Prainha e Caboto; pelo Amor de Deus, saibam que isso é um Crime e se ocorrer estarei divulgando o quanto antes a prática desse crime e de onde está vindo essas ameaças. Bando de gente que não tem o que fazer.

Deixe uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

To Top